Astrologia Astrologia Cabalística Blog

O medo – a face oculta da lua

O medo - a face oculta da lua
Escrito por Cristinna Saviani

O medo – a face oculta da lua >> Nossos medos, assim como nossos instintos básicos, estão na lua.

Como parte da lua se oculta de nós, de forma inconsciente, muitas vezes é difícil saber de onde vem tais medos que atuam em nossa vida na forma de crenças limitantes.

Parte desta bagagem oculta, deste peso invisível, vem mesmo de nossos antepassados, especialmente da mãe; parte vem de nossa alma, as bagagens que ela carrega de experiências passadas.

Como a lua é responsável pelos instintos, de maneira impensada vivemos muitas vezes levados pelo nosso lado lunar, inconscientes de porquê agimos como agimos.

Entrando em contato com nossos medos ocultos

“O medo, na realidade, não tem lugar no reino humano natural, já que a Divindade dentro de nós, que somos nós mesmos, é inconquistável e imortal, e se apenas pudéssemos compreendê-la, como Filhos de Deus, não teríamos nada a temer…”
Coletânea De Escritos De Edward Bach, Página 174.

Entramos em contato com este conteúdo que se oculta na vigília durante o sono, quando nosso consciente dorme e o inconsciente atua livremente.

Portanto, entrar em contato com os sonhos, ter um diário se possível na sua cama, para que, assim que acordar começar a anotar tudo o que sonhou, por mais louco que pareça, é uma das maneiras de começar a desvendar este lado oculto de nós mesmos.

Por indicação de uma amiga, astróloga e terapeuta Junguiana, Claudia Araujo, comecei a fazer uso da prática do diário e comecei a acessar muito conteúdo que não conseguia antes.

Entrar em contato com as próprias emoções é também uma boa maneira.

Experimentar nomear as próprias emoções – o que é que estou sentindo? Medo? Raiva? Tristeza? Desapontamento?

Pode parecer idiota, mas não é. Muitas pessoas não conseguem entrar em contato com as próprias emoções.

Prestar atenção às próprias reações é outra maneira, tentar compreender porque reagimos, o que nos levou a tal reação também é uma maneira.

Reagimos segundo a nossa lua, e por este motivo não controlamos reações.

O medo – Florais ajudam a trazer à tona

Uma outra boa maneira são os remédios florais, pois atuam a nível anímico e ajudam a compreender (um processo de Binah) e elaborar as próprias emoções a nível mais próximo da consciência.

Os remédios florais, embasados no mapa astral pessoal, é uma terapia que surte muito resultado, já que a anamnese é feita segundo o mapa da pessoa, e consegue determinar a raiz dos problemas.

Esta terapia, quando aplicada aos trânsitos planetários também é extremamente positiva, já que, durante os trânsitos os significados do planeta são ativados, é um momento ótimo para trabalhar este conteúdo.

Por hoje é isso.

Shalom!

Ariel bar’Zlay

Quer saber quais são os florais que te ajudarão a trabalhar os seus medos e suas crenças limitantes, que te impedem de alcançar seu potencial e o seu sucesso?

Agende sua consulta clicando no link abaixo:

Gosta de nosso conteúdo? Então acompanhe nosso site e nossa rede social.

Facebook
Fique em contato conosco e acompanhe nosso conteúdo.

Para calcular a numerologia do seu nome acesse grátis, online, nosso programa:

Programa de Numerologia Online

Sobre o autor

Cristinna Saviani

Cristinna Saviani tem sua formação clássica em Farmácia e Bioquímica pela PUCC, com foco em Homeopatia, Fitoterapia e Florais.
Estudante e praticante de Cabala desde a adolescência, iniciou seus estudos de astrologia como autodidata em 1997, posteriormente fazendo vários cursos de formação na área, na qual tem atuado profissionalmente desde o ano de 1999.
Acreditando que a maior qualidade da astrologia é levar o indivíduo ao autoconhecimento e consequente evolução, aprofunda a análise de seus clientes em todos os níveis disponíveis para que se chegue ao cerne das questões que inquietam e atrapalham a vida nos diversos campos da vida.
Natural de Campinas - SP, vive atualmente em Fortaleza, onde atua
na área de publicidade (CEO Staff Publicity), programação web, marketing e astrologia, fazendo análises de tema natal, previsão e mapa anual de fertilidade feminina.

Deixe um comentário